29
Abr 10

Na passada terça-feira fui fazer uma visitinha à minha médica de família (consulta de rotina, claro!!). Acho que, pela primeira vez na minha vida, demorei menos de uma hora a ser atendida num centro de saúde (está a melhorar!! Boa!!). Bem, mas vamos ao que interessa: para além do espanto da médica ao ver as bosrbulhas que continuam a destruir a minha cara (malditas coisinhas más!!), mais espantada ficou quando viu que o meu peso baixou desde a última visita e que a tensão aumentou.

Para além das mil e uma recomendações que me foram feitas pela médica, quando contei à família estes dois diagnósticos feitos, caíram-me todos em cima!! Exclamações como "Não podes comer mais francesinha!!!" ou "Vês o que dá seres tão stressada por tudo e por nada?" fizeram-se ouvir num raio de 500 quilómetros! Eu sei, tenho de me acalmar... Mas não me tirem as francesinhas!!!

P.S. - Comprei um caderninho onde tenho feito um resumo dos acontecimentos-chave do meu dia-a-dia e tenho tentado retirar conclusões de alguns momentos em que fui menos "feliz". Vamos lá a ver se resulta...


26
Abr 10

De volta aos registos diários (ou quase!!) no meu blog. Passo a justificar o meu desaparecimento: o trabalho, a Farmville, o Countrylife!!! Se o trabalho me ocupa o horário laboral, os jogos anteriormente referidos ocupam quase todo o resto do tempo! E a culpa é da D., que me incutiu o gosto por estas aplicações!

Deixo a nota: tenho andado mesmo muito stressada. Até a sister já me disse: "Tu precisas de terapia!! A sério!!"

Há que pensar seriamente nisso...

 

publicado por LC às 15:06

06
Abr 10

 

Ontem, em conversa com a sister e uma amiga, a S., surgiu uma questão bastante pertinente: até que ponto a população portuguesa conhece o interior do seu próprio país? A conclusão a que chegamos é que ainda há muita boa gentinha que pensa que, no seu próprio país, nomeadamente nas cidades do interior (Bragança, é um bom exemplo!!), as pessoas ainda se deslocam de carro de bois e que alcatrão nas estradas ainda é uma utopia. Isto para não falar que a gentinha do litoral põe em questão a cultura e a sabedoria da população destas cidades.

Apesar de, ao longo de largos anos, termos vindo a ser constantemente esquecidos pelos "donos" do país (os chefes de estado, entenda-se!), a verdade é que até nos temos safado bem. Senão veja-se:

- a nível de qualidade de vida, não há comparação possível, já que temos todos os bens essenciais e mais alguns a poucos minutos das nossas casas;

- a nível financeiro, um salário mínimo, que na capital portuguesa serve apenas para pagar a renda de casa, aqui serve para este fim e ainda sobra algum para viver com o mínimo de decência;

- a nível cultural, para além dos museus e do património histórico, temos um teatro considerado dos mais bem apetrechados de Portugal;

- a nível social, as pessoas não são bichos-do-monte que nem sequer conseguem falar e estabelecer relações interpessoais, onde a escolaridade mínima é o infantário e as nossas roupas são manufacturadas.

 

Agora eu pergunto: mas afinal de quem é a culpa de tamanha ignorância?

Dos media, porque as notícias que passam nos canais nacionais são sobre os meios rurais e colocam sempre a senhora mais "tipicamente" vestida à transmontana a falar enquanto os burros e o gado passeiam, o que cria a imagem de que, de facto, em Trás-os-Montes só há "disto"?

Das pessoas do nosso país que, desconhecendo a nossa região, falam mais do que deviam, já que deixam transparecer a própria ignorância e até lhes fica mal denegrirem a imagem do nosso país sem conhecer as diversas realidades?

Ou das pessoas que, nascidas e criadas na região, quando decidem fazer vida em cidades maiores, para não passarem por "parolos", limitam-se a acenar com a cabeça quando alguém critica a nossa cidade e, quando regressam à terra natal, são os primeiros a falar mal do que conheceram e viveram durante anos?

Sinceramente, acho que a culpa não tem um, mas vários culpados, sendo que o topo está ocupado pela gentinha de mentalidade medíocre que não tem capacidade de abrir horizontes!


Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
27
28
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO